Tribunal espanhol determina prisão de Messi por fraude fiscal

Lionel Messi no Tribunal espanhol
A Suprema Corte da Espanha condenou o jogador do Barcelona, Lionel Messi, a uma pena de 21 meses de prisão. A condenação se deu após os magistrados negarem um recurso apresentado pelo jogador. O pai do craque argentino, Jorge Horácio Messi, também foi condenado tendo sido estabelecida uma pena de 15 meses de detenção. Além da pena imposta, eles terão de pagar uma multa no valor de 2 milhões de euros.

No entanto, é esperado que ambos não sejam presos, já que, de acordo com a lei espanhola, sentenças menores de dois anos de pena podem ser cumpridas em liberdade por pessoas sem antecedentes criminais.

Comentários