ONU estima que em 2030, 550 milhões de pessoas estarão em pobreza extrema

A Organização das Nações Unidas (ONU) estima que em 2030, cerca de 550 milhões de pessoas, o equivalente a 6,5% da população mundial, deverão estar em situação de pobreza extrema e aponta como a principal causa para isto, o lento crescimento econômico global.

Comentários

Postar um comentário