PCCR dos servidores avança

Na manhã deste sábado (05), na Escola Municipal Professor Francisco Ernesto, em Senador Elói de Souza, aconteceu mais uma nova rodada de discussão sobre a execução do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração dos Servidores - PCCR.

A reunião contou com representantes do Executivo, Legislativo e servidores onde foram apresentadas as diretrizes do plano como forma de melhorar a situação funcional dos servidores com o alinhamento salarial através das promoções por "letras" de acordo com o tempo de serviço e por qualificação, além de proporcionar-lhes uma melhor definição financeira imediatamente após a aprovação do plano e quando na oportunidade das suas aposentadorias.

De acordo com as projeções do departamento técnico da prefeitura, em termos de hoje, a elevação financeira aos cofres públicos deverá sofrer um impacto em cerca de R$ 15 mil/mês, entretanto, essa tal situação deverá se acomodar a partir dos meses subsequentes com a aposentadoria dos servidores que já possuem constitucionalmente o tempo de serviço para requerer o benefício.

Outro ponto que deverá ocorrer a procura pela aposentadoria imediatamente é com relação às novas regras propostas pelo governo federal onde uma grande incerteza está se abatendo sobre como será possível o servidor ter direito o benefício pois as regras certamente irão sofrer grandes mudanças e pode elevar o grau de dificuldades para quem pensa em aposentar-se.

Em sua fala ao público, o prefeito Grimalde afirmou a disposição do Executivo em fazer valer os direitos dos servidores sobretudo no realinhamento dos salários e consequentemente o estímulo à aposentadoria daqueles que constitucionalmente já possam requerer o benefício. Pois apesar de elevar a folha salarial a curto prazo, certamente, a médio prazo irá promover a desaceleração do limite prudencial do município em relação aos gastos com pessoal.


Comentários