Cunha afirma que 'não faltou com a verdade' na CPI

O encrencadíssimo presidente da Câmara, Eduardo Cunha, afirmou que irá provar que não foltou com a verdade em sua fala quando foi ouvido na CPI e na oportunidade declarou-se inocente sobre as supostas contas que ele e a família tinham na Suíça.

O presidente do Conselho de Ética da Casa, José Carlos Araújo (PSD-BA), escolheu três nomes dos quais um desses irá ser o relator do processo aberto contra Cunha no colegiado por quebra de decoro.

Sobre os nomes escolhidos, Zé Geraldo (PT-PA), Vinícius Gurgel (PR-AP) e Fausto Pinato (PRB-SP), Cunha não fez nenhuma análise da lista, mesmo percebendo-se que os três fazem parte da base governista.

Comentários